O Tocantins seria o quarto Estado brasileiro a participar de testes de vacinas.

Representantes políticos querem incluir o Tocantins no processo de testagem e imunização da população contra a pandemia de coronavírus. Na tarde da última quinta-feira (1°), o deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) articulou junto ao Governo do Estado para que o Tocantins possa participar da Fase III de testes de uma vacina, em avançado estado de pesquisas e testagem.

O parlamentar trouxe ao Tocantins um representante legal da Sinopharm, China National Pharmaceutical Group Co. Ltd., grupo farmacêutico estatal chinês, que está entre os grupos com os melhores resultados no desenvolvido de uma vacina inativada. Toufic Khalil Dia, CEO da Cedar Kingdom Corporation Limited, falou em nome do grupo Chinês e destacou os resultados obtidos com a vacina, bem como o estudos e pesquisas para aprovação da mesma.

O vice-governador, Wanderlei Barbosa, e o secretário Estadual da Saúde, Luiz Edgar Tolini, receberam o grupo no Palácio Araguaia. Barbosa destacou que o Tocantins tem interesse nas pesquisas sobre possíveis vacina no mundo e disse que a Secretária Estadual de Saúde tem a total liberdade de atuação no enfrentamento da pandemia no Estado.

Ao explanar sobre todos os estudos que a Secretaria Estadual de Saúde tem acompanhado e sobre os cenários que se traçam no Estado e no Brasil, Luiz Edgar Tolini se comprometeu a estudar o material da Sinopharm, abrindo assim um canal de comunicação com o grupo.

Testes no Tocantins

Ricardo Ayres disse ser muito importante que o Tocantins esteja inserido no cenário de pesquisas e testes da vacina. Segundo ele, no Brasil apenas três estados (São Paulo, Paraná e Mato Grosso) tem a confirmação da participação em algum tipo de testagem. “O Tocantins seria o quarto Estado brasileiro a participar de testes de vacinas. Em um cenário inicial, que debatemos, temos a possibilidade de receber 3000 doses das vacinas de teste na Fase III”, ressaltou o parlamentar.

Fundo para imunização

Ainda na reunião, o deputado propôs a criação no Tocantins um Fundo Estadual para Imunização e Tratamento do SARS-CoV-2. A medida busca viabilizar e fomentar a destinação de recursos para aquisição e distribuição de vacinas imunizadoras e medicamentos para tratamento ao vírus à população tocantinense, quando estes forem aprovados pelos órgãos reguladores. “Com o fundo podemos destinar emendas e captar recursos para que possamos imunizar nossa população”, concluiu.

Reunião no Palácio Araguaia para discutir sobre a inclusão do Estado nos testes da vacina

AF Notícias .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here