Os 139 municípios vão receber as caixas térmicas com instruções de manuseio e conservação.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) por meio do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/TO) fez uma entrega simbólica, na manhã desta sexta-feira, 10, de caixas térmicas para os 139 municípios transportarem amostras com mais segurança.

 A coordenadora da rede de laboratórios e gestão da qualidade do Lacen/TO, Anyelli Siqueira da Cunha, explica que os municípios receberão instruções sobre o manuseio das caixas. “Eles assinarão um termo de doação e comprometimento de conservação da caixa térmica, e nesse termo tem algumas orientações sobre o transporte, higienização da caixa, além de adquirirem um termômetro digital para monitorar a temperatura dessas amostras, desde a saída do município até a chegada no Lacen”, pontuou.

Ela explica ainda que antes eles traziam as amostras na caixa de isopor, seguindo as orientações do Lacen para condicionamento e transporte. “Nós sabemos que a caixa de isopor não é tão adequada quanto as que estão sendo fornecidas, em termos de durabilidade e conservação da amostra. Fizemos a distribuição de acordo com a quantidade de exames que os municípios enviam. Puxamos um relatório e ai tivemos uma estimativa, sendo assim, alguns municípios vão receber uma caixa maior e outros uma caixa menor.

A biomédica, responsável pelo laboratório de tuberculose do Lacen/TO, Maria Helena Silva explica que as caixas vieram de um projeto do setor que gerencia. “As caixas estavam armazenadas, sem uso e algumas já foram enviadas para os municípios com outras finalidades, mas com o crescente número de amostras devido à pandemia, decidimos fazer a distribuição aos municípios para colaborar no transporte dessas amostras. É um agravo diferente, mas é a mesma saúde, a mesma unidade e quando passar a pandemia essas caixas vão continuar servindo para outras demandas”, esclareceu.

Participaram da entrega simbólica a coordenadora do laboratório da Secretaria Municipal da Saúde de Palmas, Ana Luiza Galdino Bezerra, a coordenadora da biologia molecular do Lacen/TO, Sirlene Borges Damasceno e o coordenador da biologia médica do Lacen/TO, Marcus Vinícius.

Secretaria da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here