Com seu estilo sem papas na língua, o deputado federal Delegado Waldir (PR), detonou seu antigo partido, o PSDB, em entrevista à rádio CBN Goiânia. Questionado pelo apresentador Rafael Mesquita se havia saído do ninho tucano porque ficou chateado por ter sido preterido na corrida ao Paço Municipal, ele foi taxativo. “Na verdade, eu levei um chute no traseiro no PSDB, né. Eu gosto de pessoa de palavra. Eu tinha conversado com o governador logo que terminaram as eleições passadas (em 2014), ele pediu minha ajuda e disse que tinha a possibilidade ser o candidato do partido”, disse.

Na entrevista, o deputado lembrou que depois Marconi disse que havia uma “fila” no partido para a disputa ao passo. E que o último lugar era do deputado federal. A tal fila, na verdade, só atende aos compadres de Marconi. Com o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón (PSDB), fora do jogo, restou o deputado federal Giussepe Vecci (PSDB), o carrasco dos servidores públicos, a vaga na chapa da base à prefeitura de Goiânia. A falta de palavra de Marconi também custou caro ao partido, que encolheu na Câmara Federal: a bancada goiana de tucanos caiu de seis para três deputados.

Fonte: goiás real

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here