camara de barrolandiaUm velório que aconteceu dentro da Câmara Municipal de Barrolândia, provocou a revolta de moradores daquela cidade. O defunto trata-se de Lucas Lustosa Maciel (18 anos), um dos assaltantes mortos pelo soldado da Polícia Militar, Ivan Borges de Lima (31 anos) que também morreu em confronto com os criminosos na última sexta-feira (01), em Palmas.

O tiroteio que deixou três mortos aconteceu em uma distribuidora de ferros instalada no setor Industrial na capital, quando Maciel e Osvaldo de Araújo Costa Filho (26 anos) invadiram o local armados. Maciel era filho de um Sargento da Polícia Militar e Osvaldo Filho é enteado de um Subtenente.

Nas redes sociais, internautas se manifestaram indignados com a autorização da Câmara em realizar o velório do criminoso na sede do Legislativo.

Uma foto que seria supostamente da Câmara de Barrolândia indicava que as bandeiras instaladas na sede estariam a meio mastro em luto pelo assaltante morto.

À imprensa, o presidente da Câmara, Paulo Valdeis (PSDB) disse que as imagens das bandeiras não é da Câmara de Barrolândia onde as mesmas são instaladas na parte interna do prédio.

Sobre o velório, o parlamentar alegou que atendeu ao pedido da família do assaltante morto que seria pioneiros tradicionais daquele município. O vereador também negou outras especulações que circularam nas redes sociais de que o caixão do rapaz foi coberto com a bandeira do Brasil e de que o Hino Nacional foi cantado no velório.

http://www.portalonorte.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here