A primeira semana de reunião na Câmara promete ser de muita polêmica.

Com início às 19h02 dessa segunda-feira, 18, a primeira Sessão ordinária de 2019 da Câmara de Vereadores de Palmeirópolis, teve momentos acalorados e troca de farpas entre a parte governista e oposicionista.

Os parlamentares retornaram os trabalhos com várias pautas em questão e alfinetadas de todos os lados.

A nova presidente da Câmara, professora Hildene Tókio (PSD), deu início a sessão pela primeira vez em sua gestão confiante em prosseguir os trabalhos, junto com os colegas, mesmo com tantas polêmicas.

Em sua fala, prometeu levar esclarecimento a população sobre o assunto envolvendo a secretaria de educação.

Com ausência do ex-presidente William Marques, os demais parlamentares abordaram alguns temas polêmicos e importantes como: a vegetação da mata ciliar do município, obras do trecho “apertado da hora” que estão paradas, (com a chuva estão surgindo novos deslizamentos no local), também falaram das demissões dos parentes de vereadores, de irregularidades na secretaria de educação do município, dentre outros temas.

A sessão foi encerrada em clima tenso, e as discussões seguem hoje à noite.

No final da sessão, um delicioso lanche foi servido.

Da redação