O corpo de José Carlos da Silva foi encontrado em avançado estado de decomposição. O suspeito foi identificado e teria confessado o crime.

O corpo de um homem foi encontrado dentro do Rio Fogo, em Sandolândia, região sul do Tocantins. De acordo com a polícia, testemunhas contaram que José Carlos da Silva, de 43 anos, foi assassinado a facadas na última segunda-feira (11), após uma briga. O suspeito teria jogado o corpo dele no rio amarrado a uma peça de trator.
Os Bombeiros realizaram as buscas pelo corpo no sábado (16) e encontraram no fim da tarde. O suspeito crime, Lourivan Caitano Marques, estava no local e teria confessado o crime à Polícia Civil. Testemunhas também informaram que os homens estavam bebendo e durante uma discussão a vítima teria ameaçado de morte o suspeito.
Marques teria matado Silva com um corte na barriga e jogado o corpo no rio com a peça de trator amarrada no pé. Testemunhas disseram que a intenção dele era que a vítima fosse comida pelos peixes.
À polícia, o suspeito disse que após as ameaças teria matado Silva na tentativa de se defender. Ele está preso na cadeia pública de Araguaçú. A investigação do caso continua sendo comandada pela delegada Áurea Batista Ferreira, de Formoso do Araguaia.

 G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here