Casos de dengue aumentam assustadoramente

0
180

Em 2018, 58 pessoas tiveram dengue com sinal de alarme ou gravidade e uma pessoa morreu. A doença, transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, tem consequências graves para a saúde.

“As doenças vetoriais são cíclicas e muitas vezes essa explosão é devido a própria doença, ao índice do vetor estar mais ou menos adaptado. Às vezes também a gente não se preocupa. O ano passado foram poucas notificações, o pessoal vai relaxando”. diz a gerente do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) Betânia Costa, que disse que os casos aumentaram a partir de novembro e estão espalhados por toda a cidade.

Casos em Palmas

O número de casos de dengue em Palmas aumentou 715% na duas primeiras semanas desse ano. Os dados são da Secretaria Municipal da Saúde. Foram 742 notificações até dia 14 desse mês contra 91 no mesmo período do ano passado.

Na alameda 6 da quadra 712 Sul em Palmas tem pneus espalhados no canteiro central. A autônoma Suzi Cunha acha um desrespeito com os moradores. “Tem muitas crianças então tem que olhar e respeitar porque a doença é perigosa, causa morte. As pessoas têm que se conscientizar e limpar”.

ações de combate

Para intensificar as ações de combate ao mosquito, uma força-tarefa foi montada nesta semana em toda a capital. “Enquanto tiver índices altos, nós vamos permanecer realizando mutirões porque os mutirões mobilizam a comunidade, intensificam as ações nas quadras e é uma visibilidade para as pessoas entenderam mais sobre a doença e como prevenir”, concluiu a gerente do CCZ.

Gazeta do cerrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here