Adolescente foi atingido com dois tiros na cabeça e não resistiu aos ferimentos. Polícia acredita que crime tenha relação com disputa entre facções.

O terceiro jovem baleado em um tiroteio na noite desta terça-feira (1º), em Araguaína, morreu no hospital. O confronto aconteceu próximo ao local onde adolescentes suspeitos de homicídios foram apreendidos na segunda-feira (31). A polícia suspeita que os casos possam estar relacionados.

Os outros mortos são Pedro Henrique Parente e Eduardo Castro Menezes.

Testemunhas disseram à PM que antes dos tiros viram dois homens chegando em uma motocicleta e discutindo com o adolescente. Depois da briga a dupla atirou e ele revidou.

A Polícia Civil informou que os envolvidos tinham desentendimentos por causa de facções criminosas. Os três foram baleados. Um deles morreu no local, outro chegou a sair correndo, mas foi encontrado morto minutos mais tarde em outra rua do setor.

O terceiro foi levado com vida ao Hospital Regional de Araguaína com um tiro na cabeça, mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo dos envolvidos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína. A Polícia Civil investiga o caso.

Jovens foram baleados e morreram no local do crime — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Jovens foram baleados e morreram no local do crime — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here