O vereador Tiago Andrino (PSB) afirmou na manhã desta quinta, 22, que repudia qualquer manifestação a favor da pedofilia.

Após episódio envolvendo um comentário do vereador Lúcio Campelo durante a reunião da Comissão de Redação, Constituição e Justiça em que o parlamentar “brinca” sobre ser a favor da pedofilia. O episódio ocorreu durante a leitura de um projeto que trata da instituição da semana de combate à violência e ao abuso infantil, que foi aprovado na Comissão.

Andrino, que participava da CCJ, mas não percebeu o comentário do colega, feito fora de hora e fora do microfone, foi surpreendido pela divulgação do vídeo em redes sociais e de matérias na imprensa.

“Na hora eu estava concentrado em ler a matéria do dia e não vi. Eu repudio qualquer tipo de atitude que faça referência ao apoio à pedofilia. Vivemos num Estado e num país onde os índices de abuso e violência sexual são altíssimos. Não podemos brincar com esse tipo de coisa, especialmente na Casa de Leis. O vereador reconheceu o erro, e o projeto foi aprovado, mas precisamos ter cuidado e responsabilidade para tratar desse assunto, que definitivamente não é motivo de piada”, afirmou.

Andrino lembrou ainda a operação Luz na Infância, da polícia civil, que deflagrou prisões em todo o país e na Argentina, de suspeitos de envolvimento com pedofilia e pornografia infantil. Para o parlamentar, é importante manter o debate a respeito do tema, e criar cada vez mais mecanismos de combate à pedofilia, e com isso, quer que o caso sirva de motivação para que se crie uma força tarefa entre legislativo, executivo, e sociedade civil organizada em prol das nossas crianças.

Gazeta do cerrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here