Acidente aconteceu em Porto Nacional em setembro deste ano. Luisa Vitória foi arremessada e esmagada pelo carro.

O laudo pericial do acidente que causou a morte da estudante Luisa Vitória, de 13 anos, constatou o excesso de velocidade como uma das causas do capotamento. O carro estava sendo dirigido por um adolescente de 15 anos e estaria a mais de 90 km/h, sendo que a velocidade máxima para a via era de apenas 40 km/h.

Luisa Vitória Almeida Ferreira, de 13 anos, morreu em setembro deste ano após ser arremessada e esmagada pelo veículo durante o capotamento. O acidente aconteceu em uma rua do setor Vila Nova, em Porto Nacional. A estudante estaria sem cinto de segurança.

O site questionou a Polícia Civil e o Ministério Público sobre o andamento das investigações e aguarda resposta. O adolescente que dirigia o carro é filho de um policial civil.

Na época do acidente o adolescente e a mãe dele foram ouvidos pela promotora da Infância e da Juventude de Porto Nacional. O menor negou que estivesse em alta velocidade e não foi internado.

Segundo a perícia, não é possível determinar o que levou o motorista a perder o controle do carro, mas o excesso de velocidade e o desgaste dos pneus teria ocasionado a saída de pista. O laudo foi concluído na semana passada.

Outras adolescentes que estavam no carro contaram à mãe de Luisa Vitória que pegaram uma carona com o rapaz, mas hesitaram entrar no carro. Além disso, a menina teria pedido para sair do veículo antes do acidente.

O site ainda tenta contato com a família do adolescente.

G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here