Os animais, proibidos de entrar no estado, foram enterrados em valas no aterro sanitário de Talismã.

Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) sacrificou 30 porcos após uma fiscalização de rotina em uma barreira próxima ao município de Talismã, nesta segunda-feira (5). Segundo o órgão, os animais não tinham documentações zoossanitárias e estavam sendo transportados de forma irregular. Os animais foram enterrados em valas em um aterro sanitário da cidade.

Segundo um fiscal agropecuário, no momento da abordagem o motorista da carga tentou burlar a fiscalizacação, apresentando um documento em que apontava o transporte de apenas 45 bovinos. Ao todo foram encontrados 52 bovinos, 30 suínos e sete equinos.

A abordagem também resultou em uma multa de R$ 1,8 mil ao motorista do caminhão. Segundo a Adapec, os animais vieram do Pará, estado declarado como não livre da Peste Suína Clássica (PSC). A entrada dessa espécie de animal é proibída no Tocantins.

A Peste Suína Clássica é uma doença viral e contagiosa, quem pode determinar quadros de febre, hemorragias múltiplas e alta morbidade e mortalidade. Os suínos e os javalis são os únicos reservatórios naturais do vírus.

G1/TO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here