Destaque, Gurupi

Após morte de bebê, prefeitura intensifica combate ao calazar em Gurupi

Equipes do CCZ vão visitar casas e aplicar inseticidas no setor Jardim dos Buritis, onde a criança morava. Ações serão realizadas durante todo o mês.

Depois de registrar casos de calazar em Gurupi, sul do Tocantins, a prefeitura vai intensificar ações de combate à doença. Nesta quinta-feira (10) começa o mutirão de conscientização. No decorrer do dia, serão realizadas palestras nas escolas. Nesta sexta-feira (11), equipes do CCZ vão até o setor Jardim dos Buritis, onde percorrerão as casas para falar sobre a importância de manter a cidade limpa. Foi nesta região que uma bebê de 10 meses adquiriu leishmaniose visceral e morreu. Outras três crianças estariam fazendo tratamento por causa da doença. 

As ações seguem no sábado (12), quando será feita a coleta de sangue em cães para diagnóstico do calazar. O local de encontro será na escola Domingos Barreira Amorim, das 8h às 13h. O resultado estará disponível a partir de segunda-feira (14), e em caso de negativo pode ser agendado a castração dos animais para as famílias de baixa renda.

Já na segunda-feira começa o trabalho de bloqueio químico vetorial com inseticida em todas as casas do setor Jardim dos Buritis. Ele deve combater o mosquito num período de 4 meses. Esse trabalho deve demorar cerca de 30 dias. Eles devem percorrer as 954 casas do setor.

G1/TO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.