O evento é considerado o maior em agrotecnologia da Região Norte do Brasil. 

Estudantes do (CEFA) Colégio Estadual Família Agrícola José Porfírio de Souza de São Salvador do Tocantins, acompanhado de uma equipe de professores estiveram na Feira de Tecnologia Agropecuária (Agrotins), nesta quinta-feira, 09.

Visitaram diversos stands com o objetivo de ampliar os conhecimentos relacionados ao campo.

Participando da palestra ABCZ, exterior raças e julgamento.

Alunos do 2º e 3ª série do Curso Técnico em Agropecuária. Cada estande e projeto visitado, novas possibilidades de aprendizado se abriram.

Segundo o diretor da unidade escolar Lucione Batista, esta é a primeira vez que o colégio envia seus alunos à Feira. “Estou muitíssimo agradecido, a Agrotins oferece aos alunos a oportunidade de conhecer novas tecnologias voltadas ao campo”, enfatizou.

A turma do primeiro e segundo ano do curso técnico em Agropecuária.

Acompanhando os alunos foi uma equipe de professores sendo; a Engenheira Agrônoma Idyla Avelar, a Bióloga Luana Pereira, e o Zootecnista Eurisam Barbosa Júnior.

A visita à Feira teve como objetivo mostrar o que há de mais moderno na tecnologia de máquinas e equipamentos agrícolas. Conforme o coordenador Eurisam Júnior, alunos, docentes e profissionais que trabalham na agricultura não podem deixar de conhecer a Feira da Agrotins.

“Este é um momento ímpar para nós que prestamos serviço ligado ao agronegócio, é um local para visualizar tecnologia e inovação”, ponderou.

Aluna Bianca da terceira série concedendo entrevista ao um canal de TV local.

A Agrotins ocorre de 7 a 11 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, na Rodovia TO-050, km 23, saída para Porto Nacional. A exposição é reconhecida como uma das maiores feiras do segmento no Brasil e a maior feira de agronegócios da Região Norte do País.

O evento é considerado o maior em agrotecnologia da Região Norte do Brasil.

Da redação

1 COMENTÁRIO

  1. Entre o agronegócio que destrói a vida na terra e agricultura familiar, camponesa que alimenta o povo prefiro a agricultura familiar/camponesa.

    Agronegócio
    Desabitado
    Concentração de Renda
    Exôdo rural
    Distribuição de renda
    Monocultura
    Fim da Biodiversidade
    Produção com veneno
    Exportação
    Desemprego
    Exploração do Trabalho Alheio

    Familiar/camponesa
    Povoado
    Distribuição de renda
    Resgate da dignidade
    Diversidade de produção
    Garantia da Biodiversidade
    Produção Agroecológica
    Mercado Interno
    Emprego
    Trabalho Familiar

    Qual é o modelo que queremos discutir?
    O campo do Agronegócio;
    O campo da Agricultura Camponesa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here