Os quatro advogados são suspeitos de ajudar a prefeitura de Lajeado a comprar apoio de vereadores para aprovar uma nova lei. O grupo teria cobrado R$ 20 milhões pelo serviço.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here