Veja o que abre e fecha em Palmas durante o feriado de Ano Novo

Bancos e Correios terão horários alterados a partir desta sexta-feira (29). Os shoppings, supermercados e serviços públicos administrativos param na segunda-feira (1º).

Veja o que abre e fecha em Palmas no feriado (Foto: Prefeitura/Divulgação)
Veja o que abre e fecha em Palmas no feriado (Foto: Prefeitura/Divulgação)

esta segunda-feira (1º) é celebrado o Réveillon. A tradição das pessoas é festajarem o novo ano com contagem regressiva do dia 31 para o dia 1º. Como a data é feriado nacional, haverá alterações no atendimento de alguns estabelecimentos comerciais e serviços públicos.

Bancos e Correios terão horários alterados a partir desta sexta-feira (29). Os shoppings, supermercados e serviços públicos administrativos param na segunda-feira (1º) e retornam o atendimento normal na terça-feira (2).

Bancos

Para o Réveillon, as agências fecham na sexta-feira (29) e retomam o atendimento em 2018 na terça-feira (2). As contas de consumo, como as de água, luz, telefone e de TV a cabo, além dos carnês com vencimento durante o feriado podem ser pagas normalmente nas agências no dia 2, quando o atendimento volta ao normal.

No caso de boletos bancários, os clientes também podem fazer o agendamento em canais eletrônicos ou fazer pagamentos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

Correios

Os Correios informaram que nesta sexta-feira (29) todas agências de atendimento ficarão fechadas. O serviço de entrega será realizado apenas em Palmas, Araguaína e Gurupi. Já no sábado (30) as agências localizadas no Capim Dourado Shopping e no Palmas Shopping estarão abertas. Haverá serviço de entrega apenas na capital.

Nos dias 31 de dezembro e 1° de janeiro de 2018 as agências de atendimento ficarão fechadas e não haverá serviço de entrega.

Na terça-feira (2) as agências estarão abertas e haverá serviço de entrega em todas as cidades exceto em Palmas, Araguaína e Gurupi.

Supermercados

Os supermercados Makro e Atacadão estarão abertos no domingo (31) das 8h às 18h. Já o Big vai funcionar das 6h às 23h e o Quartetto das 7h às 22h. Todos informaram que estarão fechados na segunda-feira (1º).

Shoppings

Neste domingo (31) o Capim Dourado Shopping abrirá das 10h às 17h. Já no dia 1º de janeiro de 2018 somente a praça de alimentação estará funcionando das 12h às 20h, as lojas estarão fechadas.

O Palmas Shopping vai funcionar das 10h às 20h no domingo (31). Na segunda-feira (1º) a praça de alimentação e áreas de lazer abrirão das 10h às 22h, as lojas estarão fechadas neste dia.

Serviços públicos

As secretarias e setores administrativos da Prefeitura de Palmas e do Governo do Tocantins estarão fechados na segunda-feira (1º). Os serviços essenciais de urgência e emergência, como segurança e saúde seguem com o atendimento ao público. O trabalho volta o normal em todos o setores na terça-feira (2).

Fonte: G1 Tocantins

Chuva alaga avenidas, derruba árvores e causa destruição em Itacajá

Tempestade durou cerca de meia hora e deixou casas destelhadas e muros no chão no interior do Tocantins. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Tempestade causou destruição em Itacajá (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)Tempestade causou destruição em Itacajá (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)

Tempestade causou destruição em Itacajá (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)

Uma forte chuva causou destruição em Itacajá, na região central do Tocantins. A tempestade foi por volta do meio-dia deste sábado (30) e deixou muros e árvores no chão, várias casas destelhadas e algumas ruas alagadas. Apesar do susto, ninguém ficou ferido. Os moradores ainda não terminaram de contabilizar os prejuízos.

A Polícia Militar informou que não foi acionada para nenhum resgate e que a tempestade durou cerca de meia hora. Além da água, ventos fortes também trouxeram danos. Em um supermercado parte do depósito desabou e o toldo de um laboratório caiu. A rua Cinco, no centro da cidade, ficou parcialmente fechada após a queda de uma árvore.

Muros ficaram no chão após a chuva (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)Muros ficaram no chão após a chuva (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)

Muros ficaram no chão após a chuva (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)

A previsão é de que continue chovendo na região durante o final de semana. A chance de chuvas fortes, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de 80% para a região central do Tocantins que inclui cidades como Pedro Afonso, Miracema e a própria capital, Palmas. O G1 tentou contato com a prefeitura de Itacajá para saber que medidas seriam tomadas para amenizar a situação na cidade, mas as ligações não foram atendidas.

Ruas ficaram alagadas no centro da cidade (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)Ruas ficaram alagadas no centro da cidade (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)

Ruas ficaram alagadas no centro da cidade (Foto: Maria de Lourdes de Castro Carneiro Rocha/Divulgação)

Fonte: G1 Tocantins

Duas pessoas morrem após motocicleta e carro se chocarem

Acidente aconteceu na TO-230, no Trevo do Povoado Entroncamento, em Araguatins, na região do Bico do Papagaio.

Duas pessoas morrem após motocicleta e carro se chocarem (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Duas pessoas morrem após motocicleta e carro se chocarem (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Vilmar da Cunha, 37 anos e Ivanilson Lima Santos, de 22 anos morreram após uma motocicleta e um carro se chocarem na TO-230, no Trevo do Povoado Entroncamento, em Araguatins, na região do Bico do Papagaio. O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (29), por volta das 19h59.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que o motorista do carro estava fazendo uma curva na rotatória para entrar na cidade, enquanto o motociclista transitava pela Transamazônica com o farol apagado. Nesse momento houve a batida.

Cunha, que conduzia a motocicleta, foi encontrado caído no chão, já sem vida. Santos estava inconsciente e com escoriações. Ele foi levado em estado grave para o Hospital Municipal da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e também morreu.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista do carro, de 32 anos, fugiu do local sem prestar socorro, mas em seguida se apresentou na delegacia. Ele disse que ao entrar na pista da BR-230, a motocicleta bateu no carro dele.

Fonte: G1 Tocantins

Encontrado corpo de pastora que estava desaparecida há quase dois meses, diz polícia

Ailsa Regina Gonzaga, que sumiu após sair para alugar casa, estava enterrada em matagal, em Aragoiânia. Segundo polícia, pastor foi preso e confessou ter cometido homicídio a facadas.

A pastora Ailsa Regina Gonzaga, de 40 anos, que estava desaparecida há quase dois meses, foi encontrada morta em Aragoiânia, Região Metropolitana de Goiânia. O corpo estava enterrado em um matagal. A Polícia Civil disse que a identidade da vítima foi confirmada a partir da aliança e das sandálias da vítima, também encontradas na mesma cova.

Ainda de acordo com a corporação, um homem de 47 anos, também pastor, foi preso e confessou ter assassinado a mulher a facadas. Ele ainda indicou aos agentes onde o corpo havia sido enterrado.

Segundo a família, Ailsa tinha sumido no último dia 8 de novembro após sair para alugar uma casa, em Goiânia. Na ocasião, ela deixou os dois filhos, de 15 e 11 anos, na residência e não voltou mais.

O delegado responsável pelo caso, Valdemir Pereira, titular da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), disse que o suspeito foi detido em Brasília na quinta-feira (28). “Ele foi preso temporariamente em cumprimento a um mandado de prisão e também vamos autuá-lo em flagrante por ocultação de cadáver”, disse Pereira.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou em nota que o pastor disse ter matado a mulher porque “teria problemas com ela”.

O comunicado informou ainda que o homem ele é foragido da Justiça, desde 2002, por latrocínio – que é o roubo com resultado morte -, em Itumbiara, região sul de Goiás

 G1 Goiás

Nota de repúdio contra a falta de compromisso de representantes do Governo Federal pela liberação do AFM em 2017

Os prefeitos foram a Brasilia em manifestação conjunta em busca do recurso mês passado.

Prefeitos de todo o Tocantins, representados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM), manifestam profunda decepção, frustração e repúdio à noticia de que o Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) brasileiros, no montante de R$ 2 bilhões, não será mais liberado em 2017 pelo Governo Federal.

O AFM foi uma solicitação do movimento municipalista nacional à Presidência da República ocorrida em novembro, durante mobilização de prefeitos na capital federal. À época, os gestores alegaram que a oscilação dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a redução da arrecadação reduziram os recursos em caixa, o que conseqüentemente, dificultaram as gestões municipais em cumprir com compromisso e obrigações neste fim de ano, como o pagamento do 13º salário e débitos finais com fornecedores.

À época, o presidente Michel Temer se reuniu com representantes da ATM, Confederação Nacional de Municípios (CNM) e entidades estaduais para firmar e garantir o acordo de repasse do AFM. Posteriormente, no dia 13 de dezembro, Temer reafirmou o compromisso diante de centenas de prefeitos presentes no Palácio do Alvorada, tendo a participação dos Ministros da Fazenda, Henrique Meireles, Planejamento, Dyogo Oliveira, do Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, do Ministro Chefe da Secretaria da Presidência, Moreira Franco,  e o senador Wellinton Fagundes.

Os Ministros do Planejamento e da Fazenda, que estiveram nas reuniões com as lideranças municipalistas brasileiras, garantiram o pagamento ainda este ano. Porém, agora se negaram a assinar a Medida Provisória e comunicaram que editarão um projeto de lei criando um Programa Especial de Auxílio aos Municípios, que deverá passar pelo Congresso Nacional, fazendo com que o AFM chegue efetivamente nos cofres municipais somente no ano de 2018.

O repúdio da ATM reside no fato de que centenas de prefeitos e prefeitos do Tocantins tiveram seus planejamento referentes ao encerramento financeiro do exercício prejudicados. Os gestores confiaram na palavra do presidente Michel Temer de que os recursos entrariam em 2017. Porém, se vêem agora sem a garantia dos recursos e com os compromissos de fim de ano comprometidos, frente a falta de palavra dos representantes do Governo Federal.

A ATM reitera que a situação financeira de mais de 100 municípios tocantinenses é delicada. O AFM traria alento aos gestores municipais diante dos compromissos previstos para o fim de 2017. A atitude do Governo Federal prejudica as relações federativas entre Municípios e União, bem como a qualidade de vida dos munícipes, que seriam beneficiados com obras e serviços que, eventualmente, seriam também desenvolvidos com os recursos do AFM. Lamentável a falta de compromisso do Governo Federal.

Por fim, a ATM afirma que os gestores continuarão mobilizados na busca de justiça fiscal e na distribuição do bolo tributário. O sentimento que fica agora é o de revolta, pela confirmação de que o auxílio financeiro, tão necessário para os municípios, está condicionado às jogatinas políticas de Brasília. Lamentável.

Jairo Mariano

Presidente da ATM

Associação Tocantinense de Municípios – ATM

Preço da gasolina e do diesel tem novos reajustes nas refinarias

A partir de amanhã haverá novo aumento, de 1,9% para a gasolina e 0,4% para o diesel.

O preço da gasolina e do diesel comercializados nas refinarias da Petrobras sofrerão novos reajustes. De acordo com a empresa, hoje, 29, a gasolina sobe 1,7% e o diesel 1,1%. A partir de amanhã haverá novo aumento, de 1,9% para a gasolina e 0,4% para o diesel.

Nesta semana, o preço dos combustíveis nas refinarias já haviam sido ajustados. Na quarta-feira, 27, houve aumento de 1,1% no diesel e redução de 0,4% na gasolina. Ontem, 28, também houve aumento de 0,9% no diesel.

As variações fazem parte do modelo de reajustes frequentes praticados pela Petrobras, “em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional”, segundo a estatal.

“Analisamos nossa participação no mercado interno e avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, acrescenta a empresa.

O preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis. O histórico das últimas variações praticadas pela Petrobras está disponível da página da estatal.

T1noticias

Preso que rompeu tornozeleira e deixou bilhete cumprirá pena em regime fechado

Decisão foi emitida na manhã desta quinta-feira (28). Segundo documento, assim que for encontrado, ele deve ser levado para a Casa de Prisão Provisória de Gurupi.

Bezerra nasce com duas cabeças e chama atenção em fazenda no Tocantins

Segundo o veterinário Joede Antônio Castro Santos, o acontecimento não é comum. “O que ocorreu foi uma malformação na hora de dividir os embriões”, explica.

Uma bezerra nasceu com duas cabeças em uma fazenda de Taguatinga, a 447 km de Palmas. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (27), por volta do meio dia.

O veterinário Joede Antônio Castro Santos acredita que bicho não conseguirá sobreviver por muito tempo, já que não consegue se alimentar. “Quando a gente dá a madeira, o leite entra em uma boca e sai pela outra”.

Segundo ele, o acontecimento não é comum. “O que ocorreu foi uma malformação na hora de dividir os embriões, que provavelmente seriam dois. Não houve a formação completa. O sistema de deglutição não é bem formado, impossibilitando a alimentação da bezerra.”

De acordo com o veterinário, há casos em que o animal nessas condições consegue chegar a vida adulta, mas a sobrevida é pouca. “Por ter essa malformação, o bicho está mais debilitado que outros. É preciso que ele seja avaliado e receba cuidados, como uma alimentação correta”, diz. 

G1 Tocantins

Polícia suspeita que pai agrediu filha e causou incêndio que matou ambos dentro de casa em Goiás

Segundo os bombeiros, criança tinha lesão na cabeça. Parentes contaram que ele estava desempregado e se separou da madrasta da menina recentemente.

Polícia Civil suspeita que Carlos Alves Pereira de Calvares, de 48 anos, agrediu a filha Ana Júlia Calvares, de 9 anos, e, em seguida, causou o incêndio que resultou na morte dele e da menina, na casa em que moravam, em Goiânia.

Os parentes relataram aos policiais que o homem havia se separado da madrasta da criança há um mês e estava desempregado.

“O pai apresentava quadro depressivo, tinha acabado de se separar da mulher. A suspeita é de que ele deu uma pancada na cabeça da filha, ateou fogo na casa e, depois, se suicidou”, disse o delegado Douglas Pedrosa, titular da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios.

O fogo começou por volta das 11h30 de quarta-feira (27), no Parque Oeste Industrial. Vizinhos chamaram o Corpo de Bombeiros, que controlaram as chamas.

De acordo com a corporação, a menina teve 70% teve do corpo queimado e apresentava um traumatismo cranioencefálico. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital. Já o pai morreu no local.

“O pai foi encontrado na porta do banheiro, e a criança dentro do banheiro, ambos inconscientes. Os dois foram reanimados, porém não se estabilizaram e vieram a óbito”, explicou.

Carlos Alves Pereira de Calvares é suspeito de causar o incêndio (Foto: TV Anhanguera/ Goiânia)

Os bombeiros também acreditam que o incêndio foi intencional. ” Nós não podemos afirmar com certeza, mas há indícios de que o incêndio foi criminoso, mas isso só pode ser identificado pela Polícia Técnico-Científica. Havia vários focos de incêndio, no quarto, na sala e na cozinha”, afirmou o tenente Danivaldo José Ferreira, do Corpo de Bombeiros, que atendeu à ocorrência.

Irmã de Carlos, Odaiza Pereira conta que vizinhos ouviram a sobrinha pedir ajuda. “A vizinha falou que a menina pediu socorro e, de repente, a menina calou. Os peritos viram o machucado na cabeça dela, a gente suspeita que ele bateu na cabeça, e ela demaiou”, relatou.

Os parentes tentam entender o que levou Calvares a cometer o crime. “Ele era uma pessoa que aconselhava tanto a gente quando a gente estava triste, ele conversava, dizia que Deus era dono de tudo e, de repente, acontece essa fatalidade”, lamenta a irmã.

Velório e enterro

Os corpos do pai e da filha são velados em locais diferentes. O velório da menina acontece em uma igreja da Vila Luciana. O enterro está previsto para acontecer a partir das 13h desta quinta-feira (28), no cemitério de Guapó, na Região Metropolitana de Goiânia.

Ana Júlia Calvares morre aos 9 anos (Foto: TV Anhanguera/ Reprodução)

Já o pai será velado a partir das 13h no Cemitério Parque. O enterro está previsto para ocorrer duas horas depois. 

G1 Goiás.

Último dia de funcionamento dos bancos em 2017 será nesta quinta-feira (28)

De acordo com a Federação Brasileira dos Bancos, as agências fecham nesta sexta-feira (29) e voltam a funcionar no dia 2 de janeiro de 2018; confira os horários.

Depois do feriado de Natal, os bancos voltaram a funcionar na terça-feira (26) e ficam até nesta quinta-feira (28), das 10h às 15h [horário do Tocantins]. Para semana de Réveillon, as agências fecham na sexta-feira (29) e retomam o atendimento em 2018 na terça-feira (2).

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), na sexta-feira as instituições financeiras estarão fechadas para clientes e funcionando apenas para serviços internos.

As contas de consumo, como as de água, luz, telefone e de TV a cabo, além dos carnês com vencimento durante o feriado podem ser pagas normalmente nas agências no dia 2, quando o atendimento volta ao normal.

No caso de boletos bancários, os clientes também podem fazer o agendamento em canais eletrônicos ou fazer pagamentos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

Os caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking e o banco por telefone continuarão funcionando normalmente, mesmo durante o feriado.

G1 Tocantins