O desaparecimento de um homem em São Salvador do Tocantins ainda é um mistério

São Salvador vive um clima tenso

De acordo com informações, ontem por volta das três horas da tarde, duas pessoas foram vistas saindo da residência da suposta vítima Marcos Macedo (conhecido como Marquim).

Os supostos autores Edivan Soares e seu filho Ítalo, foram vistos saindo em uma caminhonete GM/Silverado, cabine simples, cor branca, placa ainda não identificada em alta velocidade.

As dezoito horas, uma testemunha amiga da vítima, esteve em sua casa para participar de um churrasco que havia marcado. Porém se deparou com os portões abertos e bastante sangue na área. Em seguida notou que a casa estava aberta e não tinha ninguém.

Verificou também uma pedra grande na garagem, provavelmente utilizada na prática do crime.

Após as verificações in loco, não foi localizado o corpo da vítima, como também os supostos autores que fugiram da cidade.

Por estas circunstâncias deduz-se, que os autores tenham praticado provável homicídio e ocultado o corpo.

Ressalta ainda que a suposta vítima, havia obtido decisão judicial favorável e ganhado a “causa”, na qual era movida contra um dos supostos autores. Esta decisão judicial envolvia um posto de combustível, que pertencia a Edivan na cidade de São Salvador do Tocantins.

A polícia continua as buscas que ainda é um mistério.

O mapa da notícia estará acompanhando o caso.

 

 

Polícia prende suspeitos de integrar quadrilha de tráfico de drogas

Sete pessoas estão sendo levadas pela Polícia Civil para a Delegacia de Porto Nacional, um é menor de idade. Quadrilha era comandada por uma mulher conhecida como ‘Lolita’.

Pelo menos sete suspeitos de integrar uma quadrilha que traficava drogas no interior do Tocantins foram detidos na manhã desta quinta-feira (31). A operação foi em Pindorama, na região central do estado. A Polícia Civil e a Delegacia Especializada em Narcóticos (Dnarc) atuaram no caso. Um dos suspeitos é menor de idade.

O delegado Wagner Rayelly Pereira Siqueira confirmou a informação e disse que também foram apreendidas porções de maconha e de crack. A quantidade ainda será pesada, os suspeitos estão sendo conduzidos para a delegacia de Porto Nacional para o flagrante.

As informações iniciais são de que a quadrilha atuava nas cidades de Pindorama e Ponte Alta do Tocantins. Eles seriam comandados por uma mulher conhecida como ‘Lolita’. Os moradores de Pindorama disseram que houve grande movimentação de policiais na região e gravaram vídeos que mostram que até o helicóptero da Secretaria de Segurança Pública foi deslocado para a região.

G1/TO

Governo deve desativar três das quatro barreiras sanitárias entre o Tocantins e Goiás

Medida foi autorizada pelo Ministério da Agricultura porque estados têm o mesmo status sanitário. Equipamentos servem para monitorar entrada de produtos vegetais e animais.

Agência de Defesa Agropecuária deve desativar três das quatro barreiras sanitárias entre o Tocantins e Goiás. A medida foi autorizada pelo Ministério da Agricultura, que entendeu que os dois estados têm o mesmo nível de risco para doenças nos rebanhos e pragas nas plantações. As barreiras servem para monitorar a entrada e saída destes produtos e evitar contaminações.

O Tocantins tem 23 barreiras sanitárias fixas e mais 17 que são montadas de acordo com a necessidade. As unidades que vão ser desativadas ficam nas cidades de Arraias, Araguaçu e Novo Alegra. Com isso, a única barreira a ficar em atividade na divisa com Goiás é a de Talismã, que monitora a BR-153, a mais movimentada do Tocantins.

Não estão previstas mudanças nas barreiras que ficam nas divisas com a Bahia, o Mato Grosso, o Pará e o Maranhão. O governo do Tocantins também argumenta que o custo de manutenção das unidades era muito elevado, quase R$ 165 mil por ano.

As barreiras são a estratégia adotada por diversos países para evitar que doenças como a febre aftosa, por exemplo, se espalhem por diversos estados quando surge um caso em um deles. O Tocantins e Goiás são considerados zonas livre da doença.

G1/GO

Em Palmeirópolis aula inaugural do Pronatec abre período de curso profissionalizante

Educação dá início às aulas inaugurais do Pronatec.

Aula inaugural do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi realizada nesta segunda feira 28, no auditório da Câmara Municipal de Palmeirópolis.

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), realizaram aula inagural do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) com distribuição de materiais pedagógicos.  As aulas prosseguem até o dia 31 de agosto em 24 municípios e serão realizadas por coordenadores e técnicos da Superintendência de Programas da Educação, Pronatec e Rede e-Tec Profissional.

O Pronatec foi criado pelo governo federal em 2011 com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino médio público. 

Objetivo da ação é expandir e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de cursos e programas de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou qualificação profissional, além de fomentar e apoiar a expansão da rede física de atendimento da educação.

Durante o evento inaugural do Pronatec, realizado na cidade hoje, os novos alunos e os participantes tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre os programas pedagógicos, além de receber esclarecimentos e tirar dúvidas.

Aprenderam sobre a metodologia de ensino, informações sobre os programas e distribuição dos kits para os alunos e professores. Os formadores receberam caderno, pen-drive, caneta, lápis, estojo, borracha, camiseta, bolsa, régua e apostila, e os tutores, agenda e camiseta. Todo material é gratuito.

Em Palmeirópolis foram contemplados os alunos para preencher 50 vagas no curso ministrado a distância, acompanhado de um professor presencial. Com uma carga horaria de 800 horas. O curso escolhido foi multimídia. O curso de Multimídia será ofertado em Palmas, Taguatinga, Palmeirópolis e Guaraí. 

Integrado ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o MedioTec disponibiliza formação profissional e técnica integrada ao ensino médio. 

O evento contou com a participação do secretário de educação do município Bartolomeu Moura, professor Daniel Rosa, que é vereador e diretor do colégio Maria Guedes, Cirineu da Rocha diretor do Colégio Família Agricola José Pofirio de Souza, secretários e coordenadores de escolas do município e estado, equipe da Seduc Palmas, e da DRE em Gurupi Tocantins.

Da redação/ com informações da Seducbartolomeiuprof
alunos

dre

Família pede ajuda para garantir alimentação balanceada a idoso com câncer de mama raro

Sobrinho que cuida do paciente relata que tio sofre dores intensas e passa mal com frequência.

A família do aposentado Francisco Santana de Oliveira, de 71 anos, pede ajuda para garantir a ele uma alimentação saudável e balanceada para ajudá-lo a enfrentar o câncer de mama masculino, considerado raro. Morador de Trindade, na Região Metropolitana da capital, ele tem que fazer um longo trajeto até o Hospital Araújo Jorge, em Goiânia, onde faz o tratamento.

Segundo a assessoria de imprensa da unidade de saúde informou ao G1, por telefone, por ser um câncer de mama masculino, o caso de Francisco é pouco comum. Ele passa por quimioterapia e ainda não há indicação cirúrgica para o caso dele.

O sobrinho do paciente, o também aposentado Alvenir Teixeira Marinho, de 61 anos, é quem cuida dele. O parente conta que precisa ficar por conta de ajudar o tio, já que ele passa mal constantemente por causa do tratamento, além de sofrer de dores nas contas e ter dificuldades para se movimentar.

Alvenir relata que não consegue comprar todos os alimentos que Francisco deveria comer para se fortalecer. “Os médicos disseram que ele precisa tomar muito leite, água de coco, além de uvas e outros tipos de frutas, mas não consigo comprar tudo isso. Ele ganha um salário mínimo, e mais da metade vai para o financiamento de uma casa. O meu também é todo comprometido com as contas da casa, então a conta não fecha”, disse.

O aposentado relata ainda que outra dificuldade da família é o transporte do tio. Segundo ele, é preciso levar Francisco cerca de três vezes por semana ao hospital para fazer quimioterapia. Em setembro, quando ele deve começar a radioterapia, as idas devem ficar ainda mais constantes.

“Um dos meus maiores problemas é o combustível para fazer essas viagens. Nós moramos em Trindade, então é uma viagem de 70 km para ir voltar sempre que precisamos. A gasolina está muito cara e fica difícil custear tudo com o dinheiro que a gente ganha. A gente tem que fazer render o dinheiro”, pontuou.

Alvenir Marinho precisa levar tio de Trindade a Goiânia para tratamento (Foto: Adriel Marinho/Arquivo pessoal)
Alvenir Marinho precisa levar tio de Trindade a Goiânia para tratamento (Foto: Adriel Marinho/Arquivo pessoal)

G1/GO

Homem é preso suspeito de atear fogo na casa da ex-namorada

Segundo a polícia, os pertences e o imóvel ficaram completamente destruídos. Suspeito tem passagens pela polícia por tentar agredir a adolescente, de 16 anos, em Palmeirante.

Um homem de 37 anos foi preso suspeito de atear fogo na casa da ex-namorada, de 16 anos. O crime aconteceu neste domingo (27), no setor Mangal, no município de Palmeirante, região norte do estado. A polícia disse que a casa e os móveis da vítima ficaram destruídos. O suspeito foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Segundo o delegado Fernando Jayme, ele teria ameaçado a vítima antes de colocar fogo na casa dela. “A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência do crime de incêndio em residência. Quando chegou ao local, já não tinha mais nada na residência. Estava toda queimada, não tinha nem as paredes. Todos os pertences da vítima, da família inteira foram destruídos pelo fogo”.

O delegado informou ainda que o suspeito foi visto rondando a casa momentos antes de o fogo começar. “A Polícia Militar questionou os vizinhos, as testemunhas e foi obtida a informação de que o suposto autor havia chegado lá pouco antes de o fogo começar, estava rondando a casa. Logo o fogo começou, ele fugiu do local”.

Os vizinhos disseram à polícia que o suspeito teria chegado à casa da vítima no início da manhã e que um dos pneus da moto dele estava furado. Essa característica ajudou os policiais a localizarem o suspeito num bar da cidade.

Ele tem passagens pela polícia por tentar agredir a ex-namorada. Para os policiais, ele negou a acusação. “Ele negou a ameaça e disse que realmente compareceu na casa da vítima a pedido dela, ela teria mandado mensagem para ela pois estaria com saudades. Ele foi ao local, ela não estava, ele questionou, ela disse que estava na festa. Ele foi atrás dela e teria proferido as ameaças. A história não bate com o contexto que foi passado para a Polícia Militar”, relatou o delegado.

 G1/TO

Membro do conselho político da CNM, presidente da ATM, Jairo Mariano, participa de congresso de prefeitos latino-americanos no México

Evento internacional analisa os principais desafios das cidades, a construção de agenda urbana comum em 22 países e o desenvolvimento local; Mais quatro prefeitos do Tocantins participam.

Membro do Conselho Político da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e presidente da Associação Tocantinense de Municípios, o prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, participa da XI Cumbre Hemisférica de Alcades 2017, na cidade de Pachuca, no México. O congresso de prefeitos reúne milhares de gestores sul-americanos e ocorre de 23 a 26 de agosto, com o objetivo de analisar os principais desafios de das cidades, definir o caminho para construir uma agenda urbana comum em 22 países e fortalecer parcerias entre aqueles que trabalham em prol do desenvolvimento local na América Latina.

O evento é organizado pela Federação Latino-americana de Cidades, Municípios e Associações de Governos Locais, FLACMA. Além do presidente da ATM, participam do encontro os prefeitos Ailton Parente (Santa Rosa do Tocantins), Cleiton Cantuário Brito, o Batatinha, (Cristalândia), Fernandes Rodrigues (Figueirópolis) e Yaporan Milhomem (Ponte Alta do Bom Jesus), que integram a delegação brasileira no congresso. Representantes de organismos multilaterais, organizações políticas e financeiras, redes e instituições que trabalham para impulsionar o desenvolvimento local integram o grupo de participantes da reunião.

Conhecimento

“Reconhecer os desafios reservados aos Municípios num panorama continental e buscar metas comuns a todos os países permitiu que nós prefeitos entendêssemos os gargalos dos municípios do continente sul-americano. Além disso, discutimos mecanismos para impulsionar ainda mais o desenvolvimento local. Temos a certeza que seremos multiplicadores dos conhecimentos aqui repassados, disseminando as informações à todos os municípios tocantinenses e do Brasil” disse Jairo Mariano, ao destacar ainda que os acordos centrais definidos no congresso serão reunidos na Declaração do México sobre Cidades.

Entre os tópicos de discussão do congresso estão a construção de agenda municipal de cooperação, os desafios das cidades latino americanas, as parcerias entre aqueles que trabalham em prol do desenvolvimento local e a participação dos legisladores no desenvolvimento das comunidades locais. Os participantes do encontro fazem ainda visitas técnicas a pontos turísticos históricos e centros arqueológicos do México, no intuito de conhecerem os mecanismos favoráveis ao fomento do turismo. atm preprefeito atm

Associação Tocantinense de Municípios – ATM

 

O Dep. Gaguim, protocolou o projeto de lei para assegurar que os recursos arrecadados com as taxas pagas pelos cidadãos sejam aplicados corretamente

Atuação Parlamentar Deputado Carlos Henrique Gaguim.

O Deputado Federal, Carlos Henrique Gaguim, PODE-TO, nesta quarta-feira, 17, protocolou o projeto de lei Complementar nº 409 de 2017, que tem como objetivo assegurar que os recursos arrecadados pela Polícia Federal, com as taxas pagas pelos cidadãos, para a emissão do documento de passaporte sejam aplicados exclusivamente para esta finalidade.

 Gaguim explicou: “Já não é a primeira vez que o serviço de emissão de passaportes é suspenso, por falta da emissão do documento, prejudicando milhares de cidadãos que pagaram pelo serviço e que por falta do passaporte tem sua viajem impedida. ”

 Entenda o caso

 Atualmente, a Polícia Federal recolhe uma taxa na quantia de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais) para emissão do passaporte. Esse valor é recolhido para os cofres da União, para posteriormente ser transferido para a polícia federal no intuito de pagar a Casa da Moeda, quem efetivamente produz o passaporte.

 O projeto de Lei do ex-governador Gaguim acabará com este problema, pois este dinheiro pago por cada cidadão através da taxa de emissão de passaporte irá diretamente para a emissão de passaporte e o cidadão não ficará mais prejudicado.

Estima-se que inúmeros brasileiros tiveram prejuízos decorrentes dessa suspensão, tais como: passagens aéreas, hotéis, seguros de viagens, translado, dentre outras despesas. Sem contar os prejuízos incalculáveis como os decorrentes de perdas de cursos, viagens a trabalho entre outros prejuízos.

“O Brasil precisa melhor a qualidade dos serviços prestados ao cidadão, já que temos os maiores impostos do mundo. Temos a informação que a Casa da Moeda cobra em média, cerca de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) para emissão de cada passaporte. Vejam vocês que o cidadão paga mais de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais), ou seja, bem mais caro que o custo do passaporte e o pior de tudo, sequer consegue viajar pois o serviço fica suspenso. Isso é inadmissível! ” Explicou o Deputado Gaguim.

CÂMARA DOS DEPUTADOS/Ascom dep. Carlos Henrique Gaguim

Tio diz que morte de adolescente esfaqueada em prédio chocou família

Corpo de Tamires Paula de Almeida, de 14, morta em Goiânia, foi enterrado em Pires do Rio, onde foi criada. Garoto de 13 anos foi apreendido suspeito do ato infracional.

A morte da adolescente Tamires Paula de Almeida, de 14 anos, chocou parentes e moradores de Pires do Rio, cidade onde foi criada, no sul de Goiás. Um garoto, de 13 anos, foi apreendido suspeito de esfaqueá-la na escadaria do prédio onde ambos moravam, em Goiânia. Tio e padrinho da vítima, o policial militar aposentado João Bosco Caixeta disse que ainda não consegue acreditar no que aconteceu.

“Eu pensei que era mentira, achei que não fosse verdade. Até agora, aliás, acho que isso é só um pesadelo, que nada aconteceu”, afirmou ao G1.

Tamires foi velada na Casa de Velórios de Pires do Rio desde às 4h desta quinta-feira (24). Segundo o padrinho, cerca de 200 pessoas estiveram no local para se despedir. O enterro ocorreu às 11h, no Cemitério Explanada. Muito abalada, a mãe dela passou mal, precisou ser amparada e foi retirada do local antes do fim da cerimônia.

Caixeta afirma que praticamente criou a garota desde pequena. Ele conta que a mãe dela foi morar no exterior cerca de 4 meses após dar à luz, mas vinha regularmente visitar a filha. Somente no ano passado, ela se mudou para Goiânia para morar com a genitora e estudar.

O militar destaca ainda que a Tamires era muito querida. “Ela era muito humilde, amiga de todo mundo. Todo mundo está muito abalado”, destaca. 

Morte premeditada

A Polícia Civil afirma que a morte de Tamires foi premeditada. Segundo o titular da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), delegado Luiz Gonzaga Júnior, responsável pelo caso, o garoto planejava ainda assassinar outras duas colegas.

“A investigação apontou que ele já planejava esse crime desde o seu aniversário [em junho] quando recebeu um dinheiro da família como presente, comprou uma faca e desde então a para a escola. Ele tinha como alvos três adolescentes do sexo feminino, que são pessoas mais vulneráveis e facilitaria a execução do crime por parte dele”, explicou.

Tamires foi morta na quarta-feira (23), no 5º andar do prédio onde vivia com a mãe, no Jardim América. Após esfaquear a adolescente, o garoto seguiu até a escola estadual onde ambos estudavam e contou para o coordenador o que havia feito. Logo depois a polícia foi acionada.

O delgado afirmou que o menor agiu de forma bastante cruel. “Ele a esperou na porta do elevador do prédio e quando ela saiu, a arrastou. Ele tentou matá-la jogando a cabeça dela contra a parede várias vezes, mas verificou que ela não morreu. Então ele pegou a faca e deu várias facadas nela de forma bastante violenta, tanto é que a faça entortou”, detalhou.

O responsável pela investigação disse que o menor apresentava um comportamento frio e não demonstrava arrependimento. Ele também não explicou o motivo de ter atacado a vítima, diferentemente do que vislumbrava em relação aos outros dois alvos.

“Uma das meninas, simplesmente porque gostava dele, ele disse que iria matar. A outra ele disse que queria ver o luto de todo mundo da classe, talvez seria uma menina mais popular, mas não temos essa informação definida”, salienta. 

O advogado do menor, Agnaldo Domingos Ramos, disse que vai aguardar o decorrer da investigação para definir como irá agir em relação ao caso, mas estuda solicitar uma avaliação psicológica do garoto.

“Vai depender, mas logicamente nós temos interesse que a coisa seja analisada a nível de psicologia porque estamos diante de um caso emblemático, bastante complicado. Vou acompanhar e com certeza requisitar uma questão psicológica. Mas trata-se de uma família estruturada, com uma vida cotidiana como outra qualquer”, avalia.

Garoto era tranquilo, diz família

Informações colhidas junto a familiares do menino, segundo o delegado, descreveram que ele era extrovertido, tranquilo e não tinha qualquer tipo de problema em casa ou na escola. Caçula da família, ele mora com os pais – um mecânico e uma corretora de imóveis – e mais três irmãos.

Além disso, segundo o pai disse ao delgado, o garoto tinha um comportamento exemplar, sem, portanto, apresentar nenhum indico de que ele pudesse cometer o crime.

O menor está apreendido na Depai pelo flagrante por ato infracional análogo ao crime de feminicídio. Ele foi apresentado ao Ministério Público na tarde desta quinta-feira (24), que pediu a internação provisória do adolescente.

G1/GO

Incêndio que matou pelo menos 30 animais no Tocantins foi controlado

Informação é da Defesa Civil do Tocantins, que acompanha o combate ao fogo. Prefeitura diz que a principal preocupação é com ventos fortes, que poderia espalhar o fogo novamente.

A queimada que matou pelo menos 30 cabeças de gado em Pedro Afonso, na região central do Tocantins, foi controlada na manhã desta quinta-feira (24). O incêndio teria começado no último domingo (20) e atingido fazendas, áreas de proteção ambientais e o canavial de uma usina de produção de biocombustível. A informação é da Defesa Civil do Tocantins.

Ainda há focos de fogo na zona rural da cidade, mas eles estão em uma área isolada e sob controle. O trabalho de combate foi feito por brigadistas de uma empresa, já que Pedro Afonso não tem uma unidade do Corpo de Bombeiros. Não houve registro de nenhuma pessoa ferida no caso.

A Prefeitura da cidade disse que acionou a Defesa Civil e os Bombeiros na capital ainda no domingo está acompanhando o caso. A gestão lamentou os prejuízos aos produtores e disse que vai auxiliar nas investigações. Ainda de acordo com a prefeitura, a principal preocupação é impedir que o fogo volta a se espalhar em função dos fortes ventos na região.stos e lavouras foram atingidas pelas chamas (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar de Pedro Afonso informou que constatou a morte de pelo menos 30 cabeças de gado na região, mas que o número pode ser maior, já que uma grande área ainda não foi vistoriada. A equipe acompanhou o trabalho dos brigadistas.

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) informou que vai enviar técnicos para avaliar a situação assim que o fogo estiver controlado. Eles também devem ajudar nas investigações sobre a causa do incêndio.

A empresa Bunge disse que também foi prejudicada pela queimada e que disponibilizou os brigadistas treinados por ela para auxiliar a prefeitura no combate ao fogo. A usina esclareceu ainda que concentra os esforços no combate ao fogo e que a origem do problema ainda é desconhecida.

“Desde domingo que começou esse fogo. Apagou e depois acendeu de novo por causa dos ventos. Acredito que tem uns 2 mil hectares de cana e pastagem queimados. Teve um vizinho que perdeu quase todas as cabeças de gado”, disse o produtor rural José Edgar.

“Queimou a palhada de milho, atingiu uns pastos e matou entre 30 e 50 cabeças. Uns [animais] a gente teve que sacrificar porque estavam agonizando. No meu lado começou na segunda (21), mas foi por volta de domingo (20) que começou aqui na região”, disse o criador Juliano Sandre.

Pastos e lavouras foram atingidas pelas chamas (Foto: Divulgação)
Pastos e lavouras foram atingidas pelas chamas (Foto: Divulgação)
Fazendas foram atingidas pelas chamas (Foto: Divulgação)
Fazendas foram atingidas pelas chamas (Foto: Divulgação)
 
G1/TO